Poema sem título

É difícil suportar essa sensibilidade
que sinto mundo
que sinto muito, que sinto parte. . .
nem sei que seria de mim
sem a arte pra aliviar
o latejo que sinto
na carne


Junior Bonfá (Rio Bananal, Espírito Santo, 1992). Psicólogo. Mestrando em Psicologia Institucional pela UFES. Poeta publicado em diversas antologias. Primeiro colocado no XVI Concurso Nacional PoeArt de Literatura (2016) e no III Concurso Nacional Viagem pela Escrita (2016).

Anúncios
Publicado por:Jorge Pereira

Recifense, produtor cultural, editor-chefe da Revista Philos e criador da Casa Philos.

Um comentário sobre ldquo;Dossiê de Literatura Neolatina: Mostra de poesia lusófona, por Junior Bonfá

Deixe uma resposta