Tem gente

Tem gente que
não sabe se volta atrás
ou se segue em frente
que só consegue a paz
em tempos de guerra
que só aprende o que é certo
com gente que erra
Tem gente
que nunca saberia
o que é o amor
se não tivesse experimentado a dor
que não saberia o que é alegria
se não vislumbrasse a poesia
escondida na beleza da tristeza
Tem gente
que quer ser igual
a quem é diferente
que só reconhece
a verdadeira grandeza
quando se aprofunda
na imensidão
das pequenas coisas
da natureza
Tem gente
Que se engana
Ao subestimar
A estupidez humana


Francis Diego Amaral (São Paulo, 1990). Publicitário e escritor.

Posted by:Jorge Pereira

Jorge Pereira (Recife, 1994). Produtor cultural e agente literário baseado no Rio de Janeiro. Fundador da Casa Philos e editor-chefe da Revista Philos. Curador de festivais literários e membro do Oi Kabum! LAB do Oi Futuro.

2 respostas para ‘Neolatina: Mostra de poesia lusófona, por Francis Diego Amaral

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s