Maresia

Amar…
traz um mar
dentro de si
Explicação simplória
para estar assim
invadida de ti
Porque por vezes
afogo-me de saudade
e anoiteço
E quando enfim
mergulho em tuas ondas
amanheço


Lenice C. de Melo Lima, Le Melo (Osasco, 1967). Educadora e poetisa, publicação independente em 2015 do livro Janelas Entreabertas… de luz e paixão, participação na Antologia Poética Poetize 2016.

Publicado por:Jorge Pereira

Recifense, produtor cultural, editor-chefe da Revista Philos e criador da Casa Philos.

Um comentário sobre ldquo;Neolatina: Mostra de poesia lusófona, por Lenice Melo

Deixe uma resposta