Dádivas do verão

Luminoso
E ardente
O verão seduz
Esparrama
Por toda parte
Poderosos raios de sol
A nos bronzear
E encantar!
Espicha os dias
Quentes
Oferece longas
E preguiçosas
Tardes douradas
Até vislumbrar a lua
A nos iluminar
E abençoar!


Laila de Mauro (Serra dos Aimorés, 1953). Professora aposentada da Secretaria de Estado da Educação do DF. Mestre em Educação, nos últimos anos tem atuado no Ensino Superior.

One thought on “ Neolatina: Mostra de poesia lusófona, por Laila de Mauro ”

Deixe uma resposta