Tristeza

Pássaro na gaiola
canta a saudade do
céu.


Jessyca Santiago (Recife, 1990). Pernambucana, mora em Shangrila, Rio de Janeiro. Graduada em Letras Inglês pela UERJ trabalha como professora em instituições privadas.

One thought on “ Neolatina: Mostra de poesia lusófona, por Jessyca Santiago ”

Deixe uma resposta