“Nunca julgue um livro pela capa” é uma frase famosa, assim como “Não julgue as pessoas pela aparência”. Concordo. E observando minhas experiências ao comprar livros, concluo que:
– já comprei livro por ter capa bonita e o conteúdo não era tão bom;
– já comprei livro muito bom com capa bonita;
– já comprei livro com capa horrível, mas o conteúdo era ótimo;
– já comprei livro com capa que não tinha nada a ver com a história;
– já comprei livro com capa sem graça, cuja história era mais sem graça ainda.
As combinações são variadas. E quem resiste a uma capa maravilhosa na livraria? E há também uma pesquisa que apontou que o brasileiro compra livro de acordo com o texto de orelha – um resumo ou avaliação da obra que vem na dobra da capa ou contracapa.
Sim, a questão é complexa. Mas vou passar duas dicas para você não desperdiçar seu dinheiro com “livro ruim de capa boa”, em livraria ou sebo, ou desperdiçar seu tempo em uma ida à biblioteca, saindo de lá com uma péssima opção.
Antes de buscar a obra que você tanto deseja, dê uma pesquisada na internet em sinopses, resumos, resenhas e opiniões de outros leitores. Ou pergunte a alguém que já tenha lido se o livro vale a pena. Mas é legal você perguntar a um leitor que tenha um gosto literário parecido com o seu.
Mas se, na livraria, no sebo ou na biblioteca, na correria do dia a dia, você levar uma capa bonita pra casa, não se esqueça que, como foi dito, as combinações são variadas. O conteúdo pode ser bom e você terá feito um excelente negócio. Se não for o que você esperava, não se preocupe. O que você não gosta de ler pode ser o que o outro leitor prefere. Venda on line, presenteie um amigo, negocie em um sebo, troque com alguém ou doe a uma biblioteca. Quando o assunto é literatura, uma boa saída é o que não falta.


Munique Duarte (Santos Dumont, 1979). É jornalista, formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Lecionou língua espanhola por dez anos, tendo estudado no CELEC – Córdoba (Argentina). Tem textos publicados em diversos sites, revistas e jornais literários, como Jornal Relevo, Jornal Opção, Revista Diversos Afins e Livro&Café. É idealizadora e apresentadora do programa mensal Literatura na Rádio Cultura, em Santos Dumont, Minas Gerais. Participou das antologias . É colunista da Philos na sessão “Não deixe de ler”.

Posted by:Jorge Pereira

Produtor cultural e agente literário pernambucano baseado no Rio de Janeiro e São Paulo. Fundador da Casa Philos e editor-chefe da Revista Philos. Curador de festivais literários e de arte contemporânea.

Uma resposta para “Não julgue pela capa, por Munique Duarte

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s