“Nunca julgue um livro pela capa” é uma frase famosa, assim como “Não julgue as pessoas pela aparência”. Concordo. E observando minhas experiências ao comprar livros, concluo que:
– já comprei livro por ter capa bonita e o conteúdo não era tão bom;
– já comprei livro muito bom com capa bonita;
– já comprei livro com capa horrível, mas o conteúdo era ótimo;
– já comprei livro com capa que não tinha nada a ver com a história;
– já comprei livro com capa sem graça, cuja história era mais sem graça ainda.
As combinações são variadas. E quem resiste a uma capa maravilhosa na livraria? E há também uma pesquisa que apontou que o brasileiro compra livro de acordo com o texto de orelha – um resumo ou avaliação da obra que vem na dobra da capa ou contracapa.
Sim, a questão é complexa. Mas vou passar duas dicas para você não desperdiçar seu dinheiro com “livro ruim de capa boa”, em livraria ou sebo, ou desperdiçar seu tempo em uma ida à biblioteca, saindo de lá com uma péssima opção.
Antes de buscar a obra que você tanto deseja, dê uma pesquisada na internet em sinopses, resumos, resenhas e opiniões de outros leitores. Ou pergunte a alguém que já tenha lido se o livro vale a pena. Mas é legal você perguntar a um leitor que tenha um gosto literário parecido com o seu.
Mas se, na livraria, no sebo ou na biblioteca, na correria do dia a dia, você levar uma capa bonita pra casa, não se esqueça que, como foi dito, as combinações são variadas. O conteúdo pode ser bom e você terá feito um excelente negócio. Se não for o que você esperava, não se preocupe. O que você não gosta de ler pode ser o que o outro leitor prefere. Venda on line, presenteie um amigo, negocie em um sebo, troque com alguém ou doe a uma biblioteca. Quando o assunto é literatura, uma boa saída é o que não falta.


Munique Duarte (Santos Dumont, 1979). É jornalista, formada pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Lecionou língua espanhola por dez anos, tendo estudado no CELEC – Córdoba (Argentina). Tem textos publicados em diversos sites, revistas e jornais literários, como Jornal Relevo, Jornal Opção, Revista Diversos Afins e Livro&Café. É idealizadora e apresentadora do programa mensal Literatura na Rádio Cultura, em Santos Dumont, Minas Gerais. Participou das antologias . É colunista da Philos na sessão “Não deixe de ler”.

Posted by:Souza Pereira

Souza Pereira (Recife, 1994). Editor chefe da Philos.

One thought on “Não julgue pela capa, por Munique Duarte

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s