Exposição que retrata cotidiano de reeducandas da Colônia Penal Feminina do Recife segue em cartaz até fevereiro.

As mulheres da colônia Penal Feminina do Recife (CPFR) são tema da exposição Ovelhas, da fotógrafa e jornalista pernambucana Priscila Urpia. O dia a dia das reeducandas que vivem na penitenciária conhecida popularmente como Bom Pastor, é retratado na mostra exposta na Galeria Alexandre Filho, que fica Usina Cultural Energisa, em João Pessoa-PB até o próximo dia 18 de fevereiro.
Em sua primeira exposição individual a artista evidencia um olhar humano sobre essas mulheres que fazem do cárcere uma oportunidade de recomeço. Resultado de três anos de pesquisa a iniciativa já rendeu um ensaio fotográfico intitulado As Ovelhas, no ano de 2014. Na exposição Ovelhas, além das 24 fotos, o expectador também terá acesso a relatos em áudio de algumas dessas mulheres.

“O ser feminino desempenha vários papéis sociais, como o de esposa, mãe, trabalhadora, cidadã, entre outros. Qualquer atitude que infrinja esses padrões sociais de comportamento e civis é condenada. Algumas mulheres quando decidem enveredar pelo mundo do crime acabam desafiando esses padrões de conduta moral, sendo assim desconfiguradas à condição social e moral de cidadã”, detalha a fotógrafa sobre sua experiência com as reeducandas.

O nome “Ovelhas” é uma alusão a Bom Pastor, antigo nome da CPFR. Com curadoria do fotógrafo Elvio  Luiz dos Santos, o acesso a é gratuito e as visitações acontecem de segunda a sexta-feira das 7h30 às 20h, sábados e domingos das 13h30 às 17h30. O acesso é gratuito. Como forma de alcance a toda sociedade, sem restrições, o projeto ainda conta com audiodescrição integral das imagens expostas na exposição, para o acesso dos deficientes visuais.
A exposição fotográfica Ovelhas conta com incentivo do Funcultura/Fundarpe, Secretaria de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco e com o apoio institucional da Secretaria de Ressocialização do Estado de Pernambuco (SERES), Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Governo de Pernambuco e da Usina Cultural Energisa (Grupo Energisa).

Priscila Urpia é Jornalista, fotógrafa, realizadora e produtora pernambucana. Na fotografia trabalha com o processo documental evidenciando as relações sociais. Entre os trabalhos estão o ensaio “As Ovelhas”, a exposição coletiva “Pernambuco Adentro-Retratos do Interior”. Atualmente é presidente da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos da Imprensa de Pernambuco (Arfoc – PE). No audiovisual atua como profissional independente (realização e produção), realiza curadorias e participou de júris de festivais de cinema de Pernambuco e da Paraíba. Integra a Associação Brasileira de Documentaristas (ABD/APECI), o coletivo feminista Mulheres no Audiovisual PE (MAPE) e o Movimento CineRuaPE.

SERVIÇO: Exposição fotográfica Ovelhas
Visitação: 19 de janeiro a 18 de fevereiro | Segunda a sexta das 7h30 às 20h, sábado e domingo das 13h30 às 17h30
Local: Usina Cultural Energisa – Galeria Alexandre Filho: Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 – Tambiá, João Pessoa – PB Gratuito (83) 3221-6343

Posted by:Souza Pereira

Souza Pereira (Recife, 1994). Editor chefe da Philos, escritor e curador de festas literárias.