ADEUS

Lembra-te de mim
se tu vires um pássaro
a voar sem rumo,
como se dançasses 
com a liberdade.


Giulia Ramos (Rio de Janeiro, Brasil, 2001). Vive em suas próprias contradições. Teve seu primeiro poema, Sarcasmo, uma paródia de Não há Vagas de Ferreira Gullar, publicado no livro Poetguese em 2014. Em 2016, publicou seu primeiro livro, “2302”, com o objetivo de mostrar sua maneira de ir além das correntes que nos aprisionam. Em 2018 lançou o seu segundo livro, Miolo, pela Editora Kazuá. É a artista convidada do Festival Internacional de Artes Gráficas, o FINART 2018.