Aquele sentimento novo
não lhe era estranho.
Já sentira outras vezes
a fragilidade das horas,
o peso do chão sob os pés,
o silêncio ensurdecedor.
Nessas horas,
costumava estalar os dedos,
pensar em coisas belas
e não apagar as luzes.
Só que dessa vez era diferente.

Paola Rodrigues (Paraná, Brasil). Formada em Letras pela Universidade Estadual de Londrina, atua como professora de Línguas Estrangeiras Modernas. É escritora, autora do blog Fábulas que se entrecruzam, finalista na VII Mostra de Vídeo Poema LONDRIX do Festival Literário de Londrina – 2018. Artisticamente, por meio de sua participação no Coletivo #inTRANSEgente! – Hibridismo das Artes – une colagem analógica, fotografia e texto para se expressar. Membro do Coletivo Clã Destino, realiza intervenções artísticas na cidade de Londrina, Paraná.