Na nossa seção de traduções do Neolatina, a tradutora Ligia Côrtes nos apresenta uma mostra de poemas do escritor britânico Edward Thomas.

the cherry trees

The cherry trees bend over and are shedding
On the old road where all that passed are dead,
Their petals, strewing the grass as for a wedding
This early May morn when there is none to wed.

as cerejeiras

As cerejeiras inclinam-se e põem-se a desprender
— Na velha estrada onde todos que passaram a morte veio buscar —
Suas pétalas, cobrindo a grama como se um casamento fosse haver
No começo desta manhã de maio, em que não há ninguém para se casar.

[N. T]: A versão em português passou por adaptações para atender o esquema de rimas do texto original.

if i should ever by chance

If I should ever by chance grow rich
I’ll buy Codham, Cockridden, and Childerditch,
Roses, Pyrgo, and Lapwater,
And let them all to my elder daughter.
The rent I shall ask of her will be only
Each year’s first violets, white and lonely,
The first primroses and orchises—
She must find them before I do, that is.
But if she finds a blossom on furze
Without rent they shall all for ever be hers,
Codham, Cockridden, and Childerditch,
Roses, Pyrgo, and Lapwater,—
I shall give them all to my elder daughter.

se um dia, por acaso

Se um dia, por acaso, eu ficar rico,
Hei de comprar Codham, Cockridden e Childerditch,
Roses, Pyrgo e Lapwater,
E deixar tudo para a minha filha mais velha.
O que lhe pedirei em troca serão apenas
As primeiras violetas, brancas e solitárias, de cada ano,
As primeiras prímulas e orquídeas —
Ela deve encontrá-las antes de mim, é claro.
Mas, se ela encontrar flores de tojo,
Sem nada em troca, serão todas para sempre dela,
Codham, Cockridden e Childerditch,
Roses, Pyrgo e Lapwater —
Hei de dá-las todas para a minha filha mais velha.

[N. T. 1]: Os nomes próprios citados no poema são de aldeias localizadas em Essex, condado da Inglaterra.
[N. T. 2]: O tojo é um arbusto de flores amarelas, nativo da Europa Ocidental.

Edward Thomas nasceu em 3 de março de 1878, em Londres, Inglaterra. Publicou seu primeiro livro de poesia, “Six Poems”, em 1916, com o pseudônimo Edward Eastaway. Morreu em 9 de abril de 1917, início da Batalha de Arras, durante a Primeira Guerra Mundial.


Ligia Muniz Polignano Côrtes (Belo Horizonte, 1992) possui graduação em Letras (Português/Inglês) pela PUC Minas e pós-graduação em andamento em Revisão de Textos pela mesma universidade. Atualmente, é tradutora e revisora.

Posted by:Jorge Pereira

Produtor cultural pernambucano baseado no Rio de Janeiro. Fundador da Casa Philos e editor-chefe da Revista Philos. Curador de festivais literários e de arte contemporânea.