A Casa Philos é a residência de inovação e criatividade da Revista Philos. Promovemos, apoiamos e desenvolvemos ações colaborativas, nas áreas da educação e cultura, para democratizar e expandir nossa literatura e arte.

A Casa Philos é realizada pela Revista Philos e pela Secretaria de Cultura de Paraty, por meio da Biblioteca Municipal Fábio Villaboim, do Mercado de Arte – MAR e do Cinema da Praça de Paraty. A programação, que ocupa três espaços no Centro Histórico, trabalha questões como diversidade e traz ao centro da discussão as centralidades periféricas, a partir do tema “Escrevendo nas margens”.

Ser plural é um desafio constante, mas também representa nossa missão difundir na sociedade as mais amplas formas de conhecimento e saberes.  A nossa cultura de latinidade está presente nas manifestações artísticas, no convívio, no relacionamento entre as pessoas e na apropriação democrática dos espaços públicos. Temos orgulho de fomentar o diálogo entre pessoas, porque sabemos que a cultura tem o poder de desenvolver o senso crítico e aperfeiçoar o exercício da cidadania.

Os convidados da Casa Philos na Flip 2019 apontam a diversidade da produção de literatura e de arte do Brasil, apontando questões ainda distantes dos olhos excludentes da nossa sociedade.

Casa Philos
Jardins da Biblioteca – 80 lugares
[duração aproximada: 75 minutos]
Entrada gratuita

Casa Philos
Sala da Biblioteca e Sala MAR – 30 lugares
[duração aproximada: 75 minutos]
Entrada gratuita

QUINTA | 11 DE JULHO
JARDINS DA BIBLIOTECA

quinta 11 | 9h15 às 10h30
mesa 1 | Novas percepções acerca do cenário da produção cultural independente no Brasil
com Vagner Amaro, Victor Ribeiro, Guilherme Pimenta e mediação de Emilly Kruger

quinta 11 | 11h às 12h15
mesa 2 | Uma porta emperrada: escrever e sair do armário no interior
com Ana Squilanti, Jarid Arraes e mediação de Leonardo Piana

quinta 11 | 13h15 às 14h30
mesa 3 | Cota pra vazá
com o Grupo de Teatro do Oprimido MaréMoTO

quinta 11 | 15h às 16h15
mesa 4 | Café Philos
com Pam Araújo e mediação de Katy Navarro

quinta 11 | 16h45 às 18h
mesa 5 | Moda, sustentabilidade e sociedade
com Fabíola Trinca, Bia Salomão e mediação de Marcella Klimuk

quinta 11 | 19h15 às 20h30
mesa 6 | Os corpos de resistência e as cidades: trajetórias, ritos e sexualidade nas literaturas de Cristina Judar e Gisele Mirabai
com Cristina Judar, Gisele Mirabai e mediação de Nélida Capela

quinta 11 | 21h às 22h15
mesa 7 | Revista Brejeiras apresenta Lésbicas na música
com Marina Iris, Lua Leça, Camila Marins, Cris Furtado, Laila Maria, Luísa Tapajós e Roby Cassiano
apresentação da música Tão Sapa Tão de Laura Castro e Cris Flores

quinta 11 | 22h45 às 23h45
Sound Emma
com Guilherme Pimenta e Victor Ribeiro

QUINTA | 11 DE JULHO
SALA DA BIBLIOTECA

quinta 11 | 9h15 às 10h30
mesa 8 | Urubus
com Carla Bessa e Lucas Verzola

quinta 11 | 11H às 12h15
mesa 9 | O inconsciente leitor: à margem da literatura e da psicanálise
com Marina Sereno e Michelle Pastorini

quinta 11 | 13h15 às 14h30
mesa 10 | Afrodite
com Rafael Zveiter e mediação de Jorge Pereira

quinta 11 | 15h às 16h15
mesa 11 | Casa Garimpório apresenta Mulheres na Arte e o programa Barriga de Baleia
com Fosca, Natasha Frota, Simone Barcelar e artistas do Barriga de Baleia

quinta 11 | 16h45 às 18h
mesa 12 | Coletivo Philos

quinta 11 | 19h15
mesa 13 | Os sertões – De Mariana ao Mar
com Fernanda Estiges, Arthur Endo e mediação de Tadeu Rodrigues

Em debate, a potência social e política dos novos movimentos na cidade.

Qual o impacto social dos movimentos que surgem hoje nas cidades? A Philos propõe ciclos de diálogos que aprofunda questionamentos sobre a vida urbana – se dedica a debater o potencial de grupos entre cultura e ativismo, capazes de congregar ideias, pessoas e anseios comuns no sentido da transformação e da coesão social.

SEXTA | 12 DE JULHO
JARDINS DA BIBLIOTECA

sexta 12 | 9h15 às 10h30
mesa 14 | A literatura escrita por mulheres não é assim tão simples; é assim:
com Gabriela Soutello, Débora Calmon e mediação de Jarid Arraes

sexta 12 | 11h às 12h15
mesa 15 | Transpoéticas: a autoria como um processo de reconhecimento da dissidência política
com Deusa Poetisa, João Innecco e mediação de Naná DeLuca

sexta 12 | 13h15 às 14h30
mesa 16 | Se essa rua fosse minha
com o Grupo de Teatro do Oprimido Madalenas Rio

sexta 12 | 15h30 às 16h15
mesa 17 | Patriarcado e feminismos nas sociedades nigeriana e brasileira
com Ayòbámi Adebáyò, Ryane Leão e mediação de Laura Folgueira

sexta 12 | 16h45 às 18h
mesa 18 | Cartografias da diferença
com Stefania Chiarelli e leituras de Alexis Parrot e Tatiana Faia

sexta 12 | 19h15 às 20h30
Sound Emma
com Pedro Franco e Pedro Iaco

sexta 12 | 21h às 22h15
mesa 19 | Divã Philos: Voo longe
com Illy e mediação de Katy Navarro

sexta 12 | 23h às 23h45
mesa 19 | Sound Emma
com artistas do Coletivo Emma

Identidade cultural.

Assim define-se essencialmente o sentimento de pertencimento humano a diferentes culturas e a distintos grupos sociais. O conjunto de costumes e tradições de um povo, transmitido normalmente de geração em geração ao longo da história, tende a aproximar as pessoas, conectando suas experiências de vida e moldando suas personalidades. É um processo inerente à condição humana. Mas o que acontece quando a identificação cultural de um grupo é destruída? É possível resgatar crenças, hábitos e expressões do imaginário de um povo que foi retirado de seu espaço nativo contra sua vontade?

SEXTA | 12 DE JULHO
SALA DA BIBLIOTECA

sexta 12 | 9h15 às 10h30
mesa 20 | Mulherio das Letras
com Claudine Duarte e Esther Alcântara com mediação de Silvia Schimdt

sexta 12 | 11h às 12h15
mesa 21 | Mais que um corpo?
com Lubi Prates, Pilar Bu, Giovana Madalosso e mediação de Ana Squilanti

sexta 12 | 13h15 às 14h30
mesa 22 | As expedições do Ministério da Saúde e os Povos Originários na década de 50
com Jussara Alves, Alexandre Octávio e mediação de Fabíola Andreza

sexta 12 | 15h às 16h15
mesa 23 | Representações do feminino em autores gays
com Alexandre Rabelo e Raimundo Neto com mediação de Tamy Ghannam

sexta 12 | 16h45 às 18h
mesa 24 | Liberdade de amar: como livros mudam olhares
com Alice Mello, Matheus Rocha e mediação de Emilly Kruger

SÁBADO | 13 DE JULHO
JARDINS DA BIBLIOTECA

sábado 13 | 9h15 às 10h30
mesa 25 | Prêmio Off Flip na Philos
com Hélen Queiroz, Thássio Ferreira e mediação de Ovídio Poli Junior

sábado 13 | 11h às 12h15 no MAR
mesa 26 | Literatura, espaço e América Latina
com Priscilla Campos e Fernanda Lobo

sábado 13 | 11h às 12h15
mesa 27 | Teatro das Oprimidas e Rede Ma(g)dalena
com Bárbara Santos e Marianna Villani
performance Travessia
com Bárbara Santos

sábado 13 | 13h15 às 14h30
mesa 28 | Me-editar nas águas que me atravessam
com Claudia Simone
performance Suspeito
com o Grupo de Teatro do Oprimido Cor do Brasil

sábado 13 | 15h às 16h15
mesa 29 | A década do Teatro do Oprimido sem Augusto Boal
com Claudia Simone, Alessandro Conceição, Cachalote Mattos, Helen Sarapeck e mediação de Bárbara Santos

sábado 13 | 16h45 às 18h
mesa 30 | Centralidades periféricas
com Marilene Felinto, Veny Santos, Pedro Franco e mediação de Arthur Tertuliano

sábado 13 | 19h15 às 20h30
mesa 31 | Alianças de corpos vulneráveis – ativismos queer e cultura visual
com Antarctica Latão, Luiza Lemos, Lucas Fonseca e mediação de João Ker

sábado 13 | 21h às 22h15
mesa 32 | Divã Philos: Justiça por Marielle – pela desmilitarização da vida
com Monica Benicio e as editoras da Revista Brejeiras, Camila Marins, Cris Furtado, Laila Maria, Luísa Tapajós e Roby Cassiano

sábado 13 | 22h45
Sound Emma
com Ayran Nicodemo e Arthur Endo

SÁBADO | 13 DE JULHO
SALA DA BIBLIOTECA

sábado 13 | 9h15 às 10h30
mesa 33 | A nova poesia: Slam e literopolítica
com Pam Araújo, Mel Duarte e Thiago Peixoto

sábado 13 | 11h00 às 12h15
mesa 34 | E a comunicação das sapatão?
com Débora Baldin, Débora Ambrósia e as editoras da Revista Brejeiras, Camila Marins, Cris Furtado, Laila Maria, Luísa Tapajós e Roby Cassiano

sábado 13 | 13h15 às 14h30
mesa 35 | Cinema de Brincar – Infância, política e educação
com Isaac Pipano, Priscila Urpia, Ayran Nicodemo e mediação de Maiara Libano

sábado 13 | 15h às 16h15
mesa 36 | Mulheres e deusas – o feminino na Índia moderna
com Ryane Leão, Renato Noguera e mediação de Martha Lopes

sábado 13 | 16h45 às 18h
mesa 37 | Imagem, corpo e cura
com Naya Violeta, Gabriela Serfaty, Gilson Andrade e mediação de Sophia Pinheiro

sábado 13 | 18h30 às 19h45
mesa 38 | Família Mann: uma montanha de literatura
com Johannes Kretschmer, Nena Gama e mediação de Stéphane Chao

sábado 13 | 20h15 às 21h30
mesa 39 | Por uma poética vermelha
com Lu Lessa Ventarola e Hildebranda

RÁDIO PHILOS
CAROLINA MARIA DE JESUS

No momento em que muitas minorias sociais têm conseguido, ainda que mais vagarosamente do que o ideal e necessário, se fazer ouvir, a Rádio Philos apresenta o especial “Carolina Maria de Jesus”. O sucesso do livro motivou Quarto de despejo, o disco. A mineira, catadora de papel que se tornou escritora, gravou em 1961, um ano depois de seu best-seller, músicas que ela mesmo compôs. O álbum pertente ao acervo José Ramos Tinhorão, sob a guarda do IMS – Instituto Moreira Salles. Na Rádio Philos, apresentamos as 12 faixas do álbum e para ouvi-las, basta circular pelas áreas comuns da nossa casa durante os intervalos do programa da Flip.

Cine Philos
Cinema da Praça – 70 lugares
[duração aproximada: 120 minutos]
Entrada gratuita

Educativo Philos
MAR e Cinema da Praça – 30 lugares
[duração aproximada: 90 minutos]
Entrada gratuita

CINE PHILOS
MOSTRA DE CINEMA ETNOGRÁFICO

Cinema amplia horizontes, desperta o senso crítico e promove integração social. Com curadoria da jornalista Priscila Urpia, o Cine Philos traz permanentemente uma variada programação de curtas-metragens e documentários etnográficos realizados no Brasil. O Cine Philos na 17ª Festa Literária Internacional de Paraty é um oferecimento do Canal Futura.

sábado 13 | no Cinema da Praça às 20h
Eu, um outro
Direção de Maira Libano
[duração aproximada: 120′]

domingo 14 | no Cinema da Praça às  15h
Mostra de Cinema Etnográfico
[duração aproximada: 120′]

Opara-memória dos nossos  ancestrais (PE)
Direção de Graci Guarani
[duração aproximada: 20′]

Afronta (RJ)
Direção de Juliana Vicente
[duração aproximada: 13’55]

A parteira (RN)
Direção de Catarina Doolan
[duração aproximada: 19’59]

Você conhece Derreis (PB)
Direção de Veruza Guedes
[duração aproximada: 10’39]

Mais que um corpo (SP)
Direção de Ana Squilanti
[duração aproximada: 14’50]

Liberdade (SP)
Direção de Pedro Nishi e Vinícius Silva
[duração aproximada: 25′]

Impávido Colosso (SE)
Direção de Fábio Rogério e Marcelo Ikeda
[duração aproximada: 15′]

EDUCATIVO PHILOS
CURSOS E OFICINAS

O programa do Educativo Philos tem oficinas distribuídas no MAR e no Cinema da Praça de Paraty possuem temáticas de diferentes eixos – literatura, artes gráficas, séries fotográficas e audiovisual e são certificadas pela Segib – Secretaria-Geral Ibero-americana. As inscrições devem ser feitas através do e-mail casaphilos@gmail.com

quinta 11 | 14h às 15h30 no Cinema da Praça
Adaptações literárias no cinema brasileiro – “A hora da estrela”
com Educativo Philos
[duração aproximada: 90′]

quinta 11 | 16h às 17h30 no Cinema da Praça
Harper Collins apresenta Capacitação em Literatura Fantástica para professores – o Hobbit
com Educativo Philos + Educativo Harper Collins
[duração aproximada: 90′]

sexta 12 | 14h às 15h30 no Cinema da Praça
Escrevivências do Brejo 
com Revista Brejeiras
[duração aproximada: 90′]

sexta 12 | 16h às 17h30 no Cinema da Praça
Adaptações literárias no cinema brasileiro – “O padre e a moça”
com Educativo Philos
[duração aproximada: 90′]

domingo 12 | 17h às 18h30 no MAR
Harper Collins apresenta Capacitação em Literatura Fantástica para professores – o Hobbit
com Educativo Philos + Educativo Harper Collins
[duração aproximada: 90′]

sábado 13 | 14h às 15h30 no Cinema da Praça
Xilogravura e lambe-lambe
com Carola Trimano, Leo Prieto, Lucas Fonseca e Ateliê Pássaro de Papel
[duração aproximada: 90′]

sábado 13 | 16h às 17h30 no Cinema da Praça
Adaptações literárias no cinema brasileiro – “Quarto de despejo”
com Educativo Philos
[duração aproximada: 90′]

sábado 12 | 16h às 17h30 no MAR
Harper Collins apresenta Capacitação em Literatura Fantástica para professores – o Hobbit
com Educativo Philos + Educativo Harper Collins
[duração aproximada: 90′]

domingo 14 | 10h às 11h30 no MAR
Xilogravura e lambe-lambe
com Carola Trimano, Leo Prieto, Lucas Fonseca e Ateliê Pássaro de Papel
[duração aproximada: 90′]

Programa sujeito a alterações. Acompanhe a nossa programação em nosso site oficial e nas redes sociais do facebook, instagram e twitter.


Publicado por:Jorge Pereira

Recifense, produtor cultural, editor-chefe da Revista Philos e criador da Casa Philos.