No mês de agosto inauguramos o ano editorial VII da Revista Philos e optamos por retomar o formato de publicação único (prosa e poesia numa mesma revista). Essa edição apresenta textos de colaboradores da Iberoamérica, mostras de poesia de imigrantes mexicanos, poemas inéditos de Myió Vestrini e contos de Jarid Arraes, Thássio Ferreira e Carla Bessa. Para além de artigos e ensaios temáticos sobre a América Latina. A nova edição da Philos está ancorada na ideia de que é impossível dissociar arte e política. Temos aqui um espaço de reverberação do nosso compromisso com a expansão de nossa cultura de latinidade.

Ser plural é um desafio constante, mas também representa nossa missão difundir na sociedade as mais amplas formas de conhecimento e saberes. A nossa cultura de latinidade está presente nas manifestações artísticas, no convívio, no relacionamento entre as pessoas e na apropriação democrática dos espaços públicos. Temos orgulho de fomentar o diálogo entre pessoas, porque sabemos que a cultura tem o poder de desenvolver o senso crítico e aperfeiçoar o exercício da cidadania.

As ilustrações dessa edição são de autoria de Catrin Welz-Stein, que colaborou conosco em 2017 e agora apresenta uma mostra inédita de seus trabalhos. O poeta Jorge de Lima nos disse que “há sempre um copo de mar para um homem navegar, mesmo sem naus e sem rumos, mesmo sem vagas e areias”. Naveguemos na Philos #39!


Philos #39
Philos #39

Para realizar o download do caderno da Philos #39, clicar sobre as imagem da capa ao lado. Para realizar la descarga del cuaderno de la Philos #39, hacer clic sobre la imagen de portada al lado. Per scaricare il quaderno della Philos #39, clicca sul’immagine dell’copertina della porta accanto.

Posted by:Jorge Pereira

Produtor cultural pernambucano baseado no Rio de Janeiro. Fundador da Casa Philos e editor-chefe da Revista Philos. Curador de festivais literários e de arte contemporânea.