Na edição #42 da Philos, apresentamos uma seleção de obras do pintor norte-americano, Will Cotton, feitas entre os anos de 1998 e 2012, e que mostram o trabalho do artista em quadros hiper-realistas de uma candyland apocalíptica.

O trabalho de Cotton tem sido interpretado como uma crítica à ganância e ao excesso de indulgências da sociedade americana, bem como uma recriação contemporânea de gêneros tradicionais da pintura sobre o prazer e o desejo. Usando uma refinada técnica de pintura da Hudson River School e elementos de confeitaria, algodão-doce e sorvete, Will Cotton também direcionou suas energias criativas para o reino da cultura pop, atuando como diretor de arte do videoclipe California Gurls (2010) de Katy Perry, além de ser conhecido por suas pinturas de nu feminino.

Nos despedimos do nosso ano editorial de 2019 e muito em breve anunciaremos as novidades de 2020: novo site e nova revista, além da abertura do sistema de assinaturas da Philos. Desde 2015 a Philos transforma as afinidades literárias, históricas e culturais em instrumentos de cooperação, partilha e democratização de nossa latinidade.


Philos #42
Philos #42
Will Cotton
Philos #42
Philos #42
Will Cotton

Para realizar o download do caderno da Philos #42, clicar sobre as imagem da capa ao lado. Para realizar la descarga del cuaderno de la Philos #42, hacer clic sobre la imagen de portada al lado. Per scaricare il quaderno della Philos #42, clicca sul’immagine dell’copertina della porta accanto.

Anúncios
Publicado por:Jorge Pereira

Recifense, produtor cultural, editor-chefe da Revista Philos e criador da Casa Philos.