Em tempos escuros, quais são os cantos que não podemos seguir sem ouvir?

título da 34ª Bienal de São Paulo, Faz escuro mas eu canto, é um verso do poeta amazonense Thiago de Mello, publicado em 1965. Por meio desse verso, a 34ª Bienal reconhece a urgência dos problemas que desafiam a vida no mundo atual, enquanto reivindica a necessidade da arte como um campo de encontro, resistência, ruptura e transformação. Vamos ao encontro dessas palavras e o breu que nos cerca vai se adensando: dos incêndios na Amazônia que escureceram o dia em São Paulo aos lutos e reclusões gerados pela pandemia e as decorrentes crises políticas, sociais e econômicas.

Ao longo desses meses de trabalho, rodeados por colapsos de toda ordem, nos perguntamos uma e outra vez quais formas de arte e de presença no mundo são agora possíveis e necessárias. Com o adiamento da exposição coletiva para 2021, a 34ª Bienal se estendeu ainda mais no tempo e incorporou o espaço desmaterializado da internet como palco de uma série de ações inéditas que ampliaram seu programa inicial. E a Revista Philos vai acompanhar de perto o projeto A Bienal tá on, que se estende até agosto do ano que vem e agrupa toda a programação concebida a partir das mudanças no calendário acarretadas pela crise sanitária do COVID-19, incluindo, assim, as ações digitais e a exposição Vento, que acontecerá no Pavilhão da Bienal entre 14 de novembro e 13 de dezembro.

Wind [Vento] (1968), de Joan Jonas, 34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto.

As iniciativas digitais de novembro de 2020 a fevereiro de 2021 contam com a participação de 6 novos artistas que terão suas obras expostas na 34ª Bienal, agora anunciados: Jaune Quick-to-see (1940, Montana, EUA), Lydia Ourahmane (1992, Saïda, Argélia), Naomi Rincon Gallardo (1979, Carolina do Norte, EUA), Sebastián Calfuqueo Aliste (1991, Santiago, Chile), Sung Tieu (1987, Vietnã) e Uýra Sodoma (1991, Santarém, Pará). 

visitas aos ateliês

uma vez por mês, os artistas da 34ª Bienal abrem seus ateliês e falam sobre sua trajetória e as obras que estarão na Bienal a partir de perguntas e provocações colocadas pela equipe curatorial. Os vídeos, bilíngues, são veiculados no Instagram da Bienal e também estão disponíveis no site 34.bienal.org.br. Participam da programação os artistas Joan Jonas (18 de novembro) e Alice Shintani (16 de dezembro). E inauguram a programação digital de 2021 visitas aos ateliês de Uýra Sodoma (27 de janeiro) e Naomi Rincon Gallardo (24 de fevereiro). 

encontros com artistas
as vozes dos artistas – cantos tikmũ’ũn

nesta série de 6 encontros, os curadores da 34ª Bienal se reúnem com artistas desta edição para discutir alguns dos enunciados da mostra – objetos com histórias em torno dos quais as obras serão distribuídas nas exposições coletivas, sugerindo leituras poéticas multifacetadas. O segundo encontro acontece no dia 26 de novembro e aborda os cantos tikmũ’ũn, enunciado que já se faz presente na mostra Vento. O evento conta com a participação ao vivo de Jaider Esbell [leia a sobre o artista na Philos] e entrevistas pré-gravadas dos artistas agora anunciados Jaune Quick-to-see, Sebastián Calfuqueo Aliste e Sung Tieu. 

Em janeiro de 2021, na editorial de verão, a Revista Philos apresentará uma entrevista exclusiva com os curadores da 34ª Bienal, Jacopo Crivelli Visconti e Carla Zaccagnini.

Acontecem nos próximos meses as seguintes atividades on-line:

34ª bienal de são paulo – faz escuro mas eu canto
programação digital 2020-2021
novembro

quarta-feira, 18 | 11h
visita ao ateliê-studio visit com Joan Jonas
no IGTV instagram @bienalsaopaulo 

quinta-feira 26 | 19h
encontro com artistas – as vozes dos artistas #2: cantos tikmũ’ũn
com Jaider Esbell, Jaune Quick-to-see, Sebastián Calfuqueo Aliste e Sung Tieu
inscrições a partir de 16 de novembro [increva-se]

terças e quintas terças e quintas 1, 3, 8 de novembro e 10 de dezembro | 19h
minicurso a distância sobre o enunciado cantos tikmũ’ũn
inscrições a partir de 23 de novembro [increva-se]
80 vagas – gratuito

dezembro

quarta-feira 16 | 11h
visita ao ateliê-studio visit com Alice Shintani
no IGTV instagram @bienalsaopaulo 

janeiro de 2021

quarta-feira 27 | 11h
visita ao ateliê-studio visit com Uýra Sodoma
no IGTV instagram @bienalsaopaulo 

fevereiro de 2021

quarta-feira, 24 | 11h
visita ao ateliê-studio visit com Naomi Rincon Gallardo
no IGTV instagram @bienalsaopaulo 


Publicado por:Jorge Pereira

Recifense, produtor cultural, editor-chefe da Revista Philos e criador da Casa Philos.