sobre a artista

Giulia Ramos (Rio de Janeiro, Brasil, 2001). Vive em suas próprias contradições. Teve seu primeiro poema, “Sarcasmo”, uma paródia de “Não há Vagas” de Ferreira Gullar, publicado no livro “Poetguese” em 2014. Em 2016, publicou seu primeiro livro, “2302”, com o objetivo de mostrar sua maneira de ir além das correntes que nos aprisionam.
Giulia Ramos é a primeira colunista jovem da Philos, seus textos reflexionam sobre as questões sociais, feministas e de pertencimento.

livros publicados

2302 (Ibis Libris, Rio de Janeiro, 2016)
Miolo (Editora Kazuá, No prelo, 2018)

redes sociais

Instagram
Facebook