Caracterizada como uma revista experimental, a Philos transita entre as concepções de literatura e arte visuais. Buscamos reverberar a obra de novos artistas que personifiquem através das imagens a própria linguagem da modernidade. O objetivo de nossa proposta de integração da literatura e das artes é ampliar as experiências e percepções artísticas, promovendo a aproximação dos leitores com a produção cultural latina na atualidade. Sem a pretensão de atender a demandas específicas, abrimos espaço para a subjetividade do corpo e da mente humana, na construção do diálogo múltiplo que permite o desenvolvimento de nosso processo de aprendizagem e sensibilidade artística.