COMPRE AGORA!

Em Poesia Rouca, a multiartista Dora de Assis nos apresenta um outro lado de seu trabalho distante dos palcos e da televisão. Ao lermos sua obra, encontramos uma Dora “descarnada de qualquer enfeite, sem lantejoulas ou firulas literárias, sem banlangandãs de qualquer espécie, direta ao sangue e ao coração; sem busca de favores e completamente inflamada pelo sentimento do mundo, de que nos fala Carlos Drummond; com o rigor de uma rebeldia serena. Sim, a rebeldia de Dora é serena”.
“Dora de Assis, com o equilíbrio íntimo dos poemas, já não suporta o silêncio das palavras.” – Raimundo Carrero, no Diário de Pernambuco, sobre o Poesia Rouca.